domingo, 3 de maio de 2009

Dia 072: Stracciatella a Giorgio

Stracciato em italiano, que ando estudando, quer dizer rasgado em pedaços, despedaçado. Daí a Stracciatella ser uma sopa de legumes, à qual se acrescentam ovos batidos em fio, que vão se coagulando. É muito apreciada em toda a Itália, e parece ser típica de Roma.

Como ando com pouco tempo, dividida e desesperada entre traduções, pesquisa sobre educação infantil em ciências e a dissertação na outra ponta da pirâmide etária (sobre idosos, pois), quem vem pilotando o fogão e as panelas é o Jorge Aldrovandi, minha cara-metade (que não anda menos ocupado, não: acaba de lançar dois sites de produção coletiva de conhecimento em e-marketing e e-business: o Clube 14-Bis e o Club 14-Bis). E Jorge sempre dá um jeito de imprimir sua marca às criações. Assim, da receita clássica italiana ele fez a sua própria, mantendo os legumes stracciatos / em pedaços, em vez de bater a sopa. ou coá-la para manter só o caldo... Ele, como nosso amigo Jérome de Oliveira, gosta de mastigar sopas. E não é que ficou ótima?

Meu irmão Bernard Christophe adora dar apelidos carinhosos para a família, os amigos e os bichinhos companheiros da família (foi ele quem batizou meu gato saudoso o Leocádio). Ele chama o Jorge de Giorgio, por sua origem italiana (seu bisavô saiu de Pegognaga em Mantova para o Uruguai). Por isso, esta sopa recebeu o nome de Stracciatella a Giorgio.

A intensidade e as nuances da música de Paulo Moura combinaram como uma luva com estes sabores tão estimulantes. Ouvimos Rapsody in Blue (de Gershwin, que adoro), Água de Beber, Falando de Amor e Preludio Nº 1 (Heitor Villa-Lobos / Claudio Pascale), nesta gravação do YouTube com o fantástico Turíbio Santos.


Receita de Stracciatella a Giorgio

Ingredientes (4 pessoas):
  • 1litro de água
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1 tomate sem peles e semente
  • 1 folha de louro
  • 1 cenoura
  • 1 talo de aipo
  • 1 alho porró pequeno
  • 1 colher (de chá) de sal
  • 1 colher (de café) de pimenta-do-reino
  • 4 ovos

Modo de preparar:
  • Lave descasque e pique em pedaços pequenos todos os legumes, o alho e a cebola.
  • Numa panela funda, coloque todos os ingredientes e cubra com a água.
  • Quando levantar fervura, abaixe a chama e deixe cozinhar por 20 minutos.
  • Tempere com sal e pimenta.
  • Numa vasilha à parte, depois que os legumes estiverem cozindos, bata um pouco os ovos e tempere-os também com sal e pimenta.
  • Vá despejando os ovos em fio sobre o caldo bem quente.
  • Não é para o ovo se incorporar na sopa, mas para aparecerem os fios talhados, em grumos.
  • Sirva imediatamente.
Dica 1: Encontrei que tradicionalmente a Stracciatella é preparada com caldo de galinha, não experimentamos.
Dica 2: Não se prenda a legumes específicos. Se tiver cebola, alho, cenoura... basta. Se quiser acrescentar o que sobrou na geladeira na semana, fai ficar ótimo! Jorge colocou milho verde cortado em 3 pedaços! Aí foi meio difícil... da próxima vez vou debulhá-lo!
Dica 3: Fica muito bom polvilhar um pouco de queijo parmiggiano ralado na hora por cima.

Dica 4: Não tomamos esta sopa com vinho... mas com... cerveja Patrícia!
-----------------------------------------------------------------------

2 comentários:

Redneck disse...

Adorei esse mundo de sopas. Adoro as sopas em todas as suas variações. As pessoas tendem a desprezar as sopas como sub-categorias da gastronomia mas basta dar uma olhada no seu blog para ter uma pequena amostra do quão caudaloso pode ser esse mar de sopas. Abraço!

Artes Mania disse...

Adorei o Blog... Como apreciadora de sopas e caldos que sou.Parabéns!
Abraços,Denise