segunda-feira, 21 de abril de 2008

Dia 001: Sopa de Ervilha da Vovó Judith

Esta sopa eu aprendi com Dona Judith, logo que casei com o filho dela, Carlos Leonam. É a melhor sopa de ervilhas que já comi e a mais simples de fazer. Dona Judith me ensinou a cozinhar quase sem gordura (no caso desta receita, completamente sem gordura), sem perder o sabor:


Receita para quatro pessoas:

Ingredientes:
  • 250 gramas de ervilhas secas (daquelas que se compram quebradas em pacote)
  • 1 cebola grande
  • 1 litro de água
  • 1 colher de chá de sal.
  • Opcional: lingüiça ou salsichão.
Modo de fazer:
  • Cate cuidadosamente a ervilha em um lugar bem iluminado para separar as possíveis pedras que ainda vêm nas embalagens.
  • Lavar em água corrente e deixar escorrer um pouco.
  • Colocar a ervilha, a cebola, o sal e a água numa panela e deixar levantar fervura.
  • Baixar o fogo e deixar cozinhar até que as ervilhas estejam bem macias. De vez em quando, apertar as ervilhas contra a parede da panela com uma colher de pau para verificar o cozimento. Quando elas se amassarem facilmente, está pronta a sopa.
  • Apagar o fogo e deixar esfriar um pouco.
  • Bater no liquidificador.
  • Levar novamente ao fogo brando para ferver, ajustar o sal e a espessura. Se estiver muito grossa, acrescentar um pingo de água QUENTE (nunca ponha água fria nesta sopa quente, senão ela desanda). Se estiver rala, deixar ferver para engrossar.
  • Se gostar, servir com croutons ou torradas feitas na hora.
Dica: cozinhe em panela destampada, para que a sopa fique com um verde bonito.

Nessa noite, Jorge colocou para tocar em meu Ipod (presente de Natal que ele me deu e que usa intensamente!) o dueto de Elza Soares com Chico Buarque "Façamos (Vamos amar)" que eu adoro, e que é uma versão da melodia de Cole Porter, um gênio!

E nas taças ...um tanat, Don Pascual. Para quem não conhece, um vinho uruguaio de uma cepa de uvas francesas que se preservou por lá e desapareceu do resto da Terra!

---------------------------------------------------------------------------------

5 comentários:

Bernard disse...

Eu me lembro desta sopa de ervilha da Dorcelina, mas para ser franco prefiro a sopa pronta que se compra aqui!

Isabela disse...

Olá, Micheline! Tudo bem? Aqui é a Isabela, amiga da Elisa.

Fiquei super contente de conhecer o blog. Pretendo instituir as sopinhas no jantar lá de casa, e certamente vou colocar suas receitas em prática! :)

Beijos,

Isabela

Anônimo disse...

Vocês podem imaginar como sopas são bem vindas aqui no nosso friozinho serrano?
Está delicioso e lindo este blog!
vou experimentar todas(pelo menos as quentes!)
bjk
Cris

Anônimo disse...

Oi Mi e Jorge, que idéia maravilhosa!!! Adorei e vou divulgar. bjs
Vilma

Vanessa disse...

Oi Mi!!!
Adorei seu blog! A foto de vcs esta genial!
E como por aqui continua frio... e agora sou uma senhora casada, vou tentar cozinhar uma sopa de verdade, sem essa de sopa em lata!!!!
Depois te conto o resultado!!!!
Um grande beijo pra ti e outro pro Jorge!!!!
Vanessa Vass