domingo, 12 de julho de 2009

Dia 077: Sopa da Nena: alho-porró com batata baroa

Depois de três anos de muito trabalho e estudo, sem sair do Rio de Janeiro, nos concedemos um fim de semana inteiro na serra que adoramos, na casa de uma amiga muito querida, a Nena (Maria Helena de Magalhães Castro), colega do curso de História na PUC, que tinha perdido de vista, reencontrado por acaso 19 anos depois, no IBGE, e com quem retomei uma amizade e companheirismo muito gostosos e maduros.

Foi na casa dela que saboreamos tranquilamente, no friozinho de Corrêas, esta sopa quentinha e suave, numa mesa lindamente posta, antiga, cheia de marcas de uso, como gostamos, pois nos faz viajar com o pensamento, tentando imaginar as vidas que deixaram suas pegadas aí... O vinho foi um tinto chileno, da Concha y Toro, o TRIO, feito da combinação de três sepas: Cabernet Sauvignon (70%) +Shiraz (15%) +Cabernet Franc (15%).

Éramos quatro à mesa, Nena e Gilberto Ribeiro, Jorge Aldrovandi e eu. A conversa estava tão envolvente que confesso que nem me lembro da música que tocava!


Receita de Sopa da Nena: alho-porró com batata baroa

Ingredientes (para 4 pessoas):
  • 1 alho-porró
  • 1 kg de batata baroa
  • 1/2 cebola
  • 2 colheres (de sopa) de azeite
  • 1 colher (de chá) de sal
  • 1 litro de água
Modo de fazer:
  • Descasque e pique a cebola, a batata baroa e o alho-porró (lavando-o bem);
  • Numa panela funda, aqueça o azeite e refogue a cebola, até alourar;
  • Junte o alho-porró e a batata baroa, mexa um pouco, para tomar gosto, e cubra com a água;
  • Acrescente o sal;
  • Quando levantar fervura, abaixe a chama e deixe cozinhar por 15 minutos, ou até a batata ficar macia;
  • Desligue o fogo e bata a sopa com um mixer ou no liquidificador;
  • Prove e corrija o sal se necessário, e acrescente um pouco de água quente, se a sopa tiver ficado muito grossa;
  • Sirva bem quente, acompanhada do pão de sua preferência, de croutons ou torradinhas.
Dica: Tania, que comanda a cozinha da casa da Nena, diz que fica muito bom também refogar a outra metade da cebola, no azeite, e acrescentá-la à sopa na hora de servir. Vou experimentar.
-------------------------------------------------------------------------

3 comentários:

Roseli de Araujo Gomes disse...

Boa Tarde!!!
Adoro sopa, com esse frio já pesno em seu BLOG e já vou postar uma das suas receitas lá no meu grupo!!
Passei para informar que lhe indiquei para um selinho e dizer que suas receitas me inspiram o sentido do paladar...
Um abração!
Boa Sexta!!

Monali disse...

Nossa, me deu até vontade de tomar essa sopa agora!

Bjs!

http://www.monasofia.com.br

jeito simples disse...

Meu Deus!!!! eu não posso crer no que li...IBGE?! trabalhei lá por 33 anos e me aposentei tem 2 meses!!!!!
Nossa..estou sem palavras..e esta sopa acima...suspiro*